Infelicidade no trabalho. Conheça os sinais

7 sintomas sobre infelicidade no trabalho que são importantes se atentar

7 sintomas sobre infelicidade no trabalho que são importantes se atentar

Desapego ao emprego, preguiça, dores no corpo e vários outros sintomas sobre infelicidade no trabalho são fáceis de identificar

Devido ao dia a dia cada vez mais corrido e exigente, não raros os casos de infelicidade no trabalho, principalmente em grandes centros urbanos e financeiros onde a concorrência por mercado é acirradíssima. Aqui mesmo no blog você já conferiu diversos textos sobre o tema, como sobre vampiros emocionais no trabalho e falta de confiança no trabalho. Hoje, seguimos dentro deste universo e vamos conhecer os principais sintomas deste quadro. Fique atento e continue a leitura!

Infelicidade no trabalho: 7 sintomas para ficar de olho

1 – Desânimo matutino

É normal sentirmos preguiça ao acordar logo de manhã, principalmente após uma noite de sono interrompido ou mesmo devido ao cansaço do corpo, estresse, etc. Porém, quando acordamos muito desanimados, tristes realmente, e não querendo ir ao trabalho, pode ser um sinal de alerta.

2 – Falta de prazer na profissão

A infelicidade no trabalho tem uma característica bem clara e comum a homens e mulheres de todo o mundo: a pessoa não sente mais prazer na atividade profissional. As tarefas do dia a dia passam a ser obrigações repetitivas e desempenhadas sem o mínimo de interesse, apenas para concluí-las o mais breve possível.

3 – Tristeza fora do trabalho

Poucas pessoas percebem isso, inclusive quem é infeliz no trabalho. Sentir tristeza fora do ambiente profissional, não relaxar no final de semana, não parar de pensar nos problemas no escritório e assim por diante. Todos estes fatores são reflexos de infelicidade no trabalho e acabam interferindo diretamente em sua saúde mental, literalmente “roubando” eventuais momentos de lazer e diversão.

4 – Falta de paciência

Outro fator bem claro é a falta de paciência com os colegas de trabalho, diretores, gestores e mesmo amigos de longa data do escritório. Isso acontece porque a pessoa infeliz no trabalho enxerga aquele ambiente e suas atribuições como fardos e todos que possuem alguma relação com o trabalho, acabam levando a culpa pela infelicidade.

5 – Saúde prejudicada

A mente sente, o corpo também. Nosso organismo passa a “acusar” a infelicidade quando dá sinais de cansaço, dores de cabeça e corporais constantes, tosse, torcicolo e assim por diante. O ideal para tentar driblar isso é relaxar o máximo possível no tempo livre, como através da prática de esportes, happy-hour com os amigos e outras atividades de lazer.

6 – Muito tempo nas redes sociais e internet

A procrastinação é um sinal evidente da infelicidade no trabalho, já que a pessoa busca consciente e inconscientemente alternativas de distração que não sejam relacionadas às suas atividades profissionais. Passar muito tempo nas redes sociais e na internet em geral, por exemplo.

7- Desapego

Também podemos citar o desapego emocional da pessoa. Homens e mulheres que não ligam mais para horários de entrada, almoço e saída, que não se importam com broncas de diretores e advertências ou com o resultado de seus trabalhos.

E a inteligência emocional com isso?

Através de treinamentos de inteligência emocional é possível buscar as origens / causas emocionais que levam à infelicidade no trabalho. E o mais importante: a inteligência emocional é uma metodologia inovadora que trilha caminhos visando o equilíbrio emocional da pessoa, sua felicidade e bem-estar duradouro. E outra boa notícia é que você sabe que pode confiar em quem realmente entende do assunto. A Arita Treinamentos tem mais de 30 anos de know-how no mercado está à disposição! Fale com um dos nossos especialistas e esclareça todas as suas dúvidas sobre a assunto.

ARTIGOS RELACIONADOS